i

i

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Itabuna- Hospital de Base implanta politica de valorização para o servidor



O Departamento Pessoal do Hospital de Base foi completamente reestruturado para atender os seus funcionários, o Diretor Administrativo Jorge Ribeiro observa esta questão com muito respeito ao servidor. Segundo ele ao assumir a Direção Administrativa/Financeira do Hospital ficou horrorizado com a falta de estrutura e o modo arcaico daquele setor! 


“Era vergonhoso aquilo que chamávamos de “Departamento Pessoal” completamente fora dos padrões e sem condições nenhuma de funcionar corretamente, a precariedade e a da falta de estrutura física e outros aspectos, acabavam prejudicando tanto o setor administrativo do hospital como os próprios servidores. Segundo o Diretor foram feitos vários investimentos para dar dignidade aos servidores do Hospital, segundo o Diretor foram feitos vários estudos para melhor aquele setor pessoal que passa a contar com um Departamento de Recursos Humanos, 

estas medidas visam maior controle da vida funcional do servidor (a)  visto que a atual gestão está empenhada para valer funcionar o Plano de Cargos e Salários a partir do próximo ano. Jorge Ribeiro informou que a partir do mês de dezembro os contra-cheques dos servidores serão on-line e uma agenda de pagamento foi feito para o ano todo, desta forma o servidor (a) poderá se organizar financeiramente mês a mês. 

“ Eu não acredito no improviso, no mais ou menos, eu acredito no planejamento das coisas.”
Segundo o balanço do Diretor, o ano de 2017 foi muito produtivo visto a forma como foi passada a gestão do hospital para a nova Diretoria, “Os desafios no Hospital de Base são enormes! Porem muito estimulantes para quem gosta de desafios, frisou o Diretor

1 comentários:

Anônimo disse...

Infelizmente essas pessoas são todas coordenadoras ou seja está bom para os coordenadores e puxa-saco deles, porque para os funcionários mesmo, receberam apenas corte em seus salários, mudanças bruscas de setor,sem passar por avaliação psicológicas,uns sofrem para outros terem luxos.Eu sou exemplo disso.Não acho nada engraçado.

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito