i

i

cm

cm

Adsense




Itabuna- Sessão especial discutirá escalada da violência na Câmara de Vereadores

“A Escalada da Violência em Itabuna – apontando caminhos”, será o tema de uma sessão especial a ser realizada na próxima terça-feira (24), a partir das 16 horas, no Plenário da Câmara de Vereadores. O evento que atende ao requerimento do vereador Robson Santos Sá, pretende promover a união de esforços dos órgãos e instituições públicas e particulares e a sociedade para a questão da violência urbana que aumenta a cada dia. Click Abaixo


A proposta da sessão, além de discutir e buscar soluções para os altos índices de violência registrados em Itabuna é a criação de um Núcleo de Estudo da Violência em Itabuna, do Gabinete de Ordem Pública e da Fundação de Amparo a Pesquisa e Extensão do Município de Itabuna (FAPEXI).
O assunto, inclusive, já foi discutido em fevereiro deste ano, durante reunião no gabinete do prefeito Fernando Gomes, com representes da justiça, da Câmara de Vereadores, professores, alunos universitários, secretários e diretores municipais. No encontro foram sugeridas a convocação e o estudo da população e dos bairros do município, visando traçar um diagnóstico científico para se trabalhar soluções para o combate à violência.
O Prefeito Fernando Gomes considera a iniciativa importante para restituir a paz e a tranquilidade em Itabuna e diz que, com a criação da FAPEXI, esta será a primeira instituição deste gênero fomentada por uma gestão municipal. A pretensão da FAPEXI é envolver a sociedade civil organizada e, principalmente, a comunidade acadêmica que irá integrar o quadro científico da instituição.
A sessão especial da Câmara, na próxima semana, será aberta com uma mesa redonda formada pelo o prefeito Fernando Gomes, o advogado e vereador convidado de Brusque (SC), o juiz de Direito de Itabuna, Antônio Carlos de Souza Higino, o professor Dr. Fernando Soares, da Universidade Federal do Sul da Bahia e terá como mediador o secretário de Segurança, Transporte e Trânsito, Coronel Gilberto Santana.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito