i

i

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Proibido a Venda do Caranguejo-uçá a Partir deste Sábado (11)

Começa neste sábado (11), o primeiro período de defeso do caranguejo em 2020, voltado à espécie do caranguejo-uçá nos manguezais de Ilhéus e região, no Sul da Bahia, que vai até o dia 16 de janeiro. A medida proíbe captura, cativeiro, transporte, para proteger seu período reprodutivo durante os dias de “andada” destes crustáceos nos manguezais. 
(Saiba Mais, Click Abaixo)




Os empreendedores que já tem o caranguejo-uçá estocado, podem realizar atividade comercial desde que seja informado ao IBAMA com um dia útil de antecedência ao início do período de defeso.


A andada é o período que os caranguejos-uçá realizam com mais intensidade os seus rituais de acasalamento para reprodução, que coincidem com as fases de lua cheia e lua nova. Machos e fêmeas andam pelo manguezal para a liberação de ovos, onde se tornam vulneráveis à captura. Segundo o calendário apresentado pela Prefeitura de Ilhéus, ainda haverá mais três períodos até o mês de abril.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo, Vinícius Briglia, pondera que “podem comercializar excepcionalmente somente as pessoas que tenham os animais estocados, de tal modo que até um dia útil anterior ao período da andada, devem ser informados os dados da estocagem por meio de formulário próprio apresentado pelo IBAMA, disponível na Superintendência de Agricultura e Pesca do Município de Ilhéus”. Briglia ressalta a importância da cadeia produtiva do caranguejo para atividade econômica do Município, garantindo a renda desde o catador até o consumidor final.

O superintendente de Agricultura e Pesca de Ilhéus, José Victor, ressalta que a fauna do caranguejo-uçá é um importante recurso econômico de subsistência nas áreas de manguezais no país, a chamada cadeia produtiva. No entanto, salienta que a captura para o consumo humano é uma forma de predação. “Devemos preservar como garantia da vida de organismos e espécies que habitam nesses locais”, alerta o superintendente.
  

Fiscalização – Durante o período da andada, o Ibama realizará fiscalizações no município com apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), DPA e da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA), órgãos de fiscalização ambiental. As ações acontecem em locais de vendas de caranguejos, principalmente em cabanas de praias. Os fiscais verificam se os estabelecimentos fizeram a declaração de estoque junto aos órgãos.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito