i

i

J.M

J.M
CLICK NA IMAGEM- DIRECIONAMENTO AUTOMÁTICO

pmi

AG

AG

Itac

Itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna- SESOP Promove encontro para falar de sonoridade nas igrejas


A Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública (SESOP), reuniu 200 pastores evangélicos para um diálogo sobre o Alvará de Sonoridade e a Lei de Ruídos Ambientais. O encontro foi realizado na noite de quinta-feira, dia 21, no Plenário Raymundo Lima da Câmara Municipal de Vereadores. No encontro o secretário de Segurança e Ordem Pública, Humberto Mattos, discorreu sobre o Alvará e esclareceu dúvidas dos participantes sobre os níveis de decibéis permitidos nos templos  religiosos. 

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)



Também foi apresentado o Decreto Municipal nº 14.982/ 2022, que regulamenta a Lei de Poluição Ambiental, resultado de Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público estadual.

Neste ano, pelo menos três igrejas foram notificadas por uso abusivo de som em desconformidade com a legislação. Os decibéis permitidos em áreas residenciais, ou seja, entre a casa de quem reclama e a fonte de sonoridade de um templo de deve ser  no máximo de 55 decibéis. “ Mas é preciso realçar que nosso maior problema de som alto ainda é são bares e paredões”, disse o consultor técnico em Segurança Pública da SESOP, Roberto José da Silva.. 


Durante o encontro ficou esclarecido que o Decreto Municipal não determina que as igrejas tenham Alvará de Sonoridade. No entanto, se o templo fizer a adesão terá que pagar a 0.5%  da Unidade  Fiscal Municipal (UFM), o que  equivale a pouco mais de R$ 70,00. “ Vale ressaltar que os templos religiosos têm imunidade tributária para impostos, mas não para taxas, que exigem contrapartidas”, frisa Roberto José. A reunião teve a  presença dos vereadores  Pastor Francisco Edes (Republicanos), Dando Leone (PDT), Vilmaci Oliveira ( PC do B) e Israel Cardoso ( PTC).

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito