i

i

chp

chp

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Mulheres da Nova Itabuna discutem resgate da autoestima


A baixa autoestima, aliada à ansiedade excessiva, problemas
que acometem a mulher do século XXI, foram tema de uma dinâmica
palestra – com direito a exibição de vídeo sobre o tema –, promovida
ontem(11) pelo PACS (Programa de Agentes Comunitários de Saúde),
no posto do bairro Nova Itabuna.

À frente da discussão esteve a psicóloga Flávia Nogueira,
terapeuta cognitivo-comportamental. “Vim trazer técnicas com
as quais eu trabalho no meu consultório, que auxiliam a pessoa
a modificar a forma como ela pensa sobre si mesma, porque a
autoestima é a visão que você tem de si”, explica a profissional, que
tirou dúvidas e ouviu relatos das participantes.
Nessa semana em que se comemorou o Dia Internacional da
Mulher, transcorrido em 8 de março, parece mais que apropriado
discutir a valorização desse gênero. Foi esse um dos intuitos da
palestra proferida pela psicóloga.
“É no sentido de prevenir futuros transtornos e cuidar de quem
está sofrendo com a autoestima baixa. A autoimagem negativa
pode agravar e se unir a outros sintomas, causando transtornos
ansiosos, psiquiátricos e até agravar problemas orgânicos mesmo.
A valorização pessoal e uma boa imagem de si mesma facilita nos
combates da vida”, argumenta.
Especificamente em relação à ansiedade, ela chama a atenção
para a necessidade de se observar em que nível esse transtorno
está. “Quando a ansiedade está atrapalhando a sua funcionalidade,
o seu posicionamento diante da vida, é hora de procurar um
profissional, tanto o psicólogo quanto o psiquiatra”, alerta.

Prevenção de doenças

Na quinta-feira(10), o PACS reuniu as mulheres daquele bairro
para tratar da importância da prevenção de doenças. O assunto foi
abordado pela enfermeira Deysiane Ramos. Além de citar o câncer
de colo de útero, cuja detecção precoce se dá através do exame de
citologia, ela mencionou, por exemplo, a importância do autoexame
para o diagnóstico do câncer de mama. “Tem muitas doenças que
são passíveis de prevenção e tratáveis, quando descobertas de forma
precoce”, frisa.

Os dois dias de palestras, que reuniram 55 mulheres – entre
jovens e adultas, incluindo gestantes –, foram seguidos da realização
de exames de citologia, cujo resultado deve sair em 20 dias, e
consulta com ginecologista. “Dividimos em dois dias devido à alta
demanda. Elas adoraram, falaram muito bem do evento, ficaram
gratificadas”, esclarece. Quanto aos exames, vale lembrar, já são
feitos pelo PACS duas vezes por mês. A depender do resultado, a
mulher é encaminhada para o especialista competente.
Deysiane acrescentou, ainda: “as mulheres que participaram
perceberam a importância de fazer o autoexame das mamas, os
exames detectaram alguns nódulos e elas serão encaminhadas para
o ginecologista e deste para o mastologista”. “Dentro da unidade de
saúde, trabalhamos com a prevenção, com a promoção da saúde da
mulher e é por isso que estamos fazendo esse evento”, ressalta.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito