i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna: Secretário garante apoio às entidades afro que atuam na área social



Depois de conhecer de perto o trabalho assistencial desenvolvido pelo Terreiro
Ilê Axé Oyá Funké, uma das entidades da cultura afro mais antigas do município,
dirigida pela Yalorixá Desdémona Ferreira Dantas (Mãe Vanda), o secretário municipal
de Assistência Social, José Carlos Trindade, anunciou a criação de um comitê gestor,
formado por representantes de diversas secretarias municipais, dos terreiros de culto
afro-brasileiro e do Movimento Negro, para a implementação de políticas públicas em
parceria com as entidades afro com atuação social em Itabuna.

Fotos ilustrativas 

O secretário ouviu um relato sobre as ações realizadas pelo terreiro de culto afro,
a exemplo da promoção de cursos profissionalizantes, oficinas de arte gratuitas e do
ponto de cultura. Trindade também conheceu as dificuldades enfrentadas pelo Terreiro
Ilê Axé Oyá Funké para dar continuidade aos projetos assistenciais em favor de crianças
e adolescentes.

“O prefeito Claudevane Leite tem um olhar especial para as questões sociais.
Desde o inicio ele deixou claro seu apoio a qualquer entidade que contribua para a
inserção social, cultural e econômica das camadas mais necessitadas de Itabuna”,
expressou José Carlos Trindade, que já visitou outras entidades que desenvolvem
trabalhos assistenciais semelhantes.
O secretário diz que por meio de parcerias será possível a implantação de
políticas públicas que resultarão no fortalecimento das ações realizadas pelas diversas
entidades que necessitam de contribuição do poder público para continuar prestando
serviços sociais à comunidade.
O terreiro visitado pelo secretário José Carlos Trindade é dirigido por Mãe
Vanda e funciona há cerca de 40 anos, no bairro São Judas Tadeu, em Itabuna. A
unidade oferece gratuitamente oficinas de teatro, dança, artesanato, capoeira,
informática, dança e percussão afro. As aulas são ministradas na sede da Associação de
Culto Afro Itabunense (Acai) - mantenedora do terreiro e em escolas públicas da
cidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito