i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

car

car

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Governo assina ordem de serviço para construção de Hospital Materno-Infantil em Ilhéus

Mulheres da Região Sul do estado passarão a ter assistência para o parto de alto risco com o Hospital Materno-infantil de Ilhéus. A ordem de serviço para a construção da nova unidade foi dada nesta sexta-feira (06), pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. Além do atendimento obstétrico, o novo hospital ofertará cuidados intensivo e intermediário neonatal e cuidados intensivo e clínico às crianças.
(Saiba Mais, Click Abaixo)



O Hospital Materno-infantil de Ilhéus será erguido onde antes funcionava o Hospital Luís Viana Filho. Serão investidos cerca de R$40 milhões para a entrega do hospital, que terá 105 leitos de internação, integrados à Rede Cegonha e atenção às urgências e emergências da região de Ilhéus, com funcionamento 24 horas, acesso por demanda espontânea e referenciada, integrada aos demais pontos de atenção primária, mediante processos regulatórios.

“Esse investimento demonstra o compromisso do governo do estado com o povo, principalmente com aqueles que dependem exclusivamente do SUS”, afirmou o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. Ele explica que o objetivo é tornar Ilhéus uma das mais completas regiões de saúde da Bahia. “A ideia é fazer com que Ilhéus tenha uma atenção integral à saúde em todas as áreas, desde a maternidade, passando pela pediatria e com cirurgias de alta complexidade cardiológicas, neurocirúrgicas e em oncologia”, destaca.

A nova unidade, que deve ser entregue em doze meses, será estruturada para a assistência ao parto de risco, gestação de alto risco, cuidado intensivo e intermediário neonatal e cuidados intensivo e clínico às crianças. Garantindo atendimento humanizado e resolutivo; acolhimento com classificação de risco; boas práticas e segurança na atenção ao parto, abortamento, nascimento e puerpério, atenção especializada em pediatria, além de certificação como “Hospital Amigo da Criança”.

Para a dona de casa Marielda Cardoso, a unidade será muito importante. “Estávamos esperando um hospital como este, que é uma necessidade muito grande aqui em ilhéus”, declarou. A dona de casa Ana Cristina Souza também concordou. “Vai ser bom para as crianças e para as gestantes que estão sem maternidade. Além disso, irá gerar empregos na região”, disse.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito