i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




O Estado define empresa que vai realizar obras de duplicação do acesso a Itabuna


A Secretaria de Infraestrutura, Transportes e Comunicação (SEINFRA), do Governo da Bahia, publicou na edição do último dia 13 no Diário Oficial do Estado, o resultado da Concorrência Pública 216/2022, para a duplicação e pavimentação da BA-963, no trecho de acesso a Itabuna, entre os dois supermercados do ramo de atacado e a Avenida Juracy Magalhães, nas imediações do posto de combustíveis, com extensão total de 2,36 quilômetros.

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)



 De acordo com o secretário de Infraestrutura, Transportes e Comunicação, Marcus Benício Foltz Cavalcanti, a execução das obras ficará a cargo da Mazza Engenharia Ltda., empresa vencedora do processo de licitação. “Estamos na fase de habilitação da empresa classificada no certame licitatório para depois dos tramites burocráticos assinar a ordem de serviço para o início das obras”, disse Cavalcanti.

MOBILIDADE URBANA
 
Para o prefeito de Itabuna, Augusto Castro, a obra de novo acesso representa a melhora na mobilidade urbana de veículos e pedestres.  “Junto com o Governo do Estado, seguimos avançando na melhoria dos corredores de tráfego de Itabuna. A construção do acesso à Rodovia Jorge Amado e a BA-963 irá proporcionar um avanço significativo no fluxo de veículos trazer mais segurança para quem transita nessa rodovia, além de ser elo de ligação com a nova BA- 649, que está com obras aceleradas, integrando ainda mais Itabuna, Ilhéus e demais cidades do Sul da Bahia”, ressalta Augusto Castro.
O secretário de Infraestrutura e Urbanismo de Itabuna, Almir Melo Júnior, destaca que o Governo do Estado, através da SEINFRA, está solicitando à Coelba a retirada de cerca de 40 postes que estão no trecho que será duplicado. “Os postes serão instalados em outros locais, já que a nova via terá canteiro central e um moderno sistema de iluminação”, informa Almir Melo Júnior.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito