i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Igreja Batista recebe homenagem no aniversário de 102 anos


A Primeira Igreja Batista de Itabuna, com um sólido trabalho espiritual e social, completou 102 anos na terça-feira, dia 22 de novembro. Para comemorar, uma sessão especial proposta pelo vereador Israel Cardoso (Agir) destacou a trajetória iniciada com o Pastor João Izidro e hoje conduzida pelo Pastor João Luiz Lucas Vieira. Regando a noite, cânticos ao som de um coral masculino, sob a regência de Abner Ferreira e auxílio de Cacilda Lourenço. Música para alimentar reflexões a partir de leituras bíblicas. O templo religioso, no formato portas abertas, reúne 500 pessoas – entre crianças, adolescentes, jovens e idosos.

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)



Parte desse público ouviu, em dia de aniversário, sobre a relevância de ser um lugar para o exercício da misericórdia; de socorrer os que estão sofrendo. “A igreja também deve ser o lugar de cruz como símbolo de nova vida, de concretizar o amor, lugar de pessoas imperfeitas, aperfeiçoadas por aquele que é perfeito”, definiu o Pastor João Luiz.



Num discurso emocionado, Israel Cardoso ressaltou o amplo trabalho social desenvolvido pelos batistas. “A igreja é o braço direito do Estado, tem a oportunidade de ir onde o Estado às vezes não consegue chegar”, pontuou.



Ele citou a luta na Câmara para a igreja ser reconhecida como atividade essencial em tempos de pandemia. Por fim, entregou ao pastor João Luiz Moção de Aplausos e de Parabéns, aprovadas por unanimidade entre os vereadores.


Jesiniel Palmeira, da Associação Batista Grapiunense, recordou que em 1947 a Igreja Batista já oferecia curso de alfabetização para crianças. “A igreja contribui para fortalecer o reino de Deus na região; gratidão por sermos firmes nos padrões da doutrina”, afirmou.





0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito