i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Prefeitura promove “Janeiro Branco” com profissionais que cuidam de pacientes com transtorno mental

A Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, programou atividades internas nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPs) para marcar o “Janeiro Branco”. As ações são voltadas para os profissionais de saúde que lidam com pacientes com transtornos mentais e consistem em palestras e orientações ministradas por psicólogos, psicoterapeutas, médicos e enfermeiros especializados.

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)




A coordenadora do Departamento de Saúde, Náira Cruz, disse que é preciso cuidar de quem sabe e cuidar desses pacientes com transtornos mentais. Ela reforça o objetivo dos CAPs, que são centros de referência na promoção em saúde mental e trabalham com a proposta de um cuidado humanizado em liberdade.

Atualmente, as quatro unidades CAPs do município oferecem assistência às pessoas com transtornos mentais e contam com cerca de 60 profissionais de saúde que atendem mais de 9.300 pessoas cadastradas. Os pacientes vão desde crianças e adolescentes a dependentes químicos ou de álcool e aqueles que são vítimas de transtorno mental moderado ou grave.  

“O paciente com quadro grave de transtorno perde contato com a realidade, tem delírios, alucinações, isolamento social, alternância entre euforia e irritabilidade, ideação suicida dentre outros sintomas”,  explicou a coordenadora.

Em caso de surtos psicóticos, em que a pessoa oferece risco a outros ou a si mesmo, a orientação é acionar o SAMU-192 que conduzirá o paciente ao hospital para consulta psiquiátrica. “Esse paciente poderá ser internado em leito psiquiátrico e depois encaminhado a uma unidade CAPs ou ao Ambulatório Psicossocial,” orientou Náira Cruz.

Segundo ele,  o CAPs Infantil e Adulto, funciona na Rua J, nº 247, no Jardim Vitória, e atende criança ou adolescente, com idade abaixo de 18 anos . O CAPs Álcool e Drogas, na Rua E, nº 111, no Banco Raso, é destinado a pacientes de todas as idades, desde que sejam dependentes de álcool e drogas.

Já o  CAPS II, na Rua G, nº 100, no Jardim Alamar, atende pacientes de todas as idades portadores de transtornos mentais graves e persistentes. O município também conta com o Ambulatório Psicossocial, situado na  Avenida Félix Mendonça, nº 556, Bairro Góes Calmon, destinado ao atendimento de pacientes acima de 18 anos, com transtorno mental moderado

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito