i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Câmara itabunense autoriza empréstimo de 115 milhões, mas espera celeridade do executivo

Em duas votações, vereadores de Itabuna autorizaram o Executivo a contratar operação de crédito de até R$115 milhões no Banco do Brasil. Dos 20 presentes na sessão desta segunda-feira (17), foram 19 “sim” e um “não”. O empréstimo, sob garantia da União, deverá ser pago em 120 meses, com juros de aproximadamente 15% ao ano. Formada por líderes comunitários, a Câmara espera obras novas. “Esse recurso será para ações em toda a cidade, independente de qual bairro. A Casa autoriza, mas cada real aplicado tem que ter um projeto e passa pela fiscalização”, ressaltou o presidente do Legislativo, Erasmo Ávila(PSD).

(Veja o Vídeo da Votação e as Justificativas) 

(Click no Ícone Abaixo)



Obs: Assista o Vídeo com o celular na horizontal

A vereadora Wilma de Oliveira(PCdoB), inclusive, apresentou emenda para assegurar que o pagamento de parcelas não comprometa o funcionamento da máquina pública, nem o pagamento de pessoal. “É uma preocupação com os serviços que impactam na vida de quem mais precisa”, justificou.


“Cobrar crescimento”

Relator pela Comissão de Finanças,Ronaldo Geraldo(PL) supõe que o montante pode ser de R$80 milhões, R$90 milhões e faz referência ao passado: “Doutor Ubaldo Dantas tomou esse dinheiro há trinta anos para pagar e pagou. Só toma dinheiro quem tem crédito e só aplica aquele que tem visão futurista”. Francisco Santos(PSD), na Comissão de Legislação, se disse tranquilo. “O importante é que vai ser investido, principalmente, nas áreas mais carentes”. E


Luiz Júnior(DC) opinou: “Sei que vai buscar novos caminhos. Como diz o ditado, é na busca de novos caminhos que damos um salto para o futuro”. 

Único voto contrário, o vereador“Danilo da Nova Itabuna”(UB) considera que o município poderia fazer melhor uso dos recursos, ao invés de empréstimo. “Estou falando de gestão pública. O meu ‘não’ é preocupado com as finanças. O caminho é pegar obras de qualidade e não fazer licitação milionária”, criticou.


Solon Pinheiro(SD) acrescentou: “Tenho convicção de que muitos problemas serão resolvidos. Caberá à Casa cobrar que o recurso seja aplicado no que é proposto”. 

Já Júnior do Trator(PMN), adiantou: “Vou ter direito e dever de cobrar crescimento; não terei mais aquele desgaste de ir até o secretário e ele dizer que o cobertor é curto”.

Diego Pitanga(PT) constatou: “Se o prefeito busca empréstimo nacional ou internacional, é porque fez por onde. Enquanto gestões passadas não tiveram essa capacidade”. Completando,Dando Leone(PDT) avisou: “O voto de confiança é para ver o esporte melhor, o Centro Comercial melhor, ver as feiras melhor”.

Gilson da Oficina(PL) também anotou: “Voto com responsabilidade e confiança de o prefeito Augusto Castro cuidar da nossa cidade”.














0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito