i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




ItaPedro 2023- Orientadores sociais farão busca ativa para evitar trabalho infantil


A Prefeitura de Itabuna, por meio da equipe do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS) da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPS), já definiu esquema especial para evitar o trabalho infantil durante o Ita Pedro 2023 – o Maior São João do Brasil, que acontecerá de amanhã, dia 29, a 2 de julho, na Arena Zé Cachoeira, no Banco Raso. Os orientadores sociais farão abordagem no circuito da festa para que crianças e adolescentes encontradas trabalhando com seus pais, responsáveis ou sozinhas sejam encaminhadas para o “Espaço Kids”, montado especialmente no Núcleo Cuidar, no Bairro São Caetano. No local funcionará um abrigo no período da festa, enquanto os pais trabalham na venda de comidas e bebidas.

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)




O coordenador do SEAS, Ernani Sampaio Lins Junior, explicou que a abordagem social será feita em parceria com Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) e o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), para evitar não apenas o trabalho infantil, como também garantir a proteção e a segurança das crianças e dos adolescentes, principalmente no período noturno em ambiente de grande concentração pública. 


Ernani informa que a abordagem social é uma atividade de rotineira da Secretaria de Promoção Social feita por uma equipe de educadores em toda a cidade. O trabalho é abrangente e visa identificar famílias, pessoas em situação de rua ou em vulnerabilidade social nos espaços públicos, além do trabalho infantil e exploração sexual de crianças e adolescentes. A depender de cada caso, menores ou pessoas abordadas são encaminhados aos diversos programas sociais oferecidos pela Prefeitura de Itabuna.


Ele explicou que dentre os serviços que o Centro POP oferece estão higienização pessoal e alimentação durante o dia, para pessoas em situação de rua ou de passagem por Itabuna sem referência familiar. Atualmente, a unidade atende cerca de 70 pessoas por dia. Já o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é unidade de proteção social básica, que visa proteger vitimas de violência, acompanhar e encaminhar  estas pessoas para suas cidades de origem e ajudar na busca pela família.


Além desses programas, a Prefeitura de Itabuna conta ainda com o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) que atende mulheres vítimas da violência doméstica. O coordenador do SEAS adiantou que nesse caso, as mulheres recebem assistência que inclui atendimento e acompanhamento psicológico e social, apoio jurídico e toda a assistência que ela necessite para sua estabilidade social, emocional e psicológica.

 

Ernani Lins adiantou que a população pode contribuir com o trabalho dos orientadores sociais, ao denunciar qualquer tipo de violência que envolve mulheres, pessoas em situação de vulnerabilidade, além de crianças e adolescentes.  As denúncias podem ser feitas pelos números 99856-1393 ou 98896-3944.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito