i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Balé do Teatro Castro Alves traz o espetáculo ‘Viramundo’ a Itabuna e promove oficinas gratuitas de dança

 O Teatro Municipal Candinha Dória vai ser o palco do espetáculo “Viramundo” do Balé do Teatro Castro Alves (BTCA), que também vai trazer oficinas gratuitas de danças a Itabuna no final de semana. Os ingressos poderão ser retirados na Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) entre as 9 e 13h mediante apresentação de um documento de identidade. O espetáculo “Viramundo” está percorrendo as principais cidades do interior baiano para celebrar os 80 anos de vida do cantor e compositor Gilberto Gil. 

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)




No Teatro Candinha Dória será apresentado no próximo domingo, dia 6, às 19h, com entrada gratuita. Na sequência haverá um bate-papo sobre o processo criativo da obra.

 

Em Itabuna, no sábado, dia 5, as oficinas gratuitas de danças serão ministradas por Gilmar Sampaio, bailarino da companhia, que será responsável por conduzir as aulas, voltadas a pessoas maiores de 14 anos, com experiência de nível intermediário em dança. A dobradinha acontece na Sala Walter Moreira, do Teatro Municipal Candinha Dória: das 9h30min às 11h, Danças Afro, e das 14h às 15h30min, de Balé Clássico.

 

Já o espetáculo, com sessão única tem direção e criação coreográfica Duda Maia e música original do maestro Ubiratan Marques, contará com todo o elenco do BTCA. A coordenação estadual do projeto informa que todo o elenco do BTCA em cena cantará as danças que Gilberto Gil desperta em seus corpos. Dança que quer ser Gil. Música que não existe sem Gil.

 

Segundo a assessora da FICC Geisa Bahia na obra “Viramundo” existe uma conexão entre ancestralidade e futuro, raízes e profecias, sertão e litoral, ecologias e tecnologias, que despontam diversidade, atemporalidade e a generosidade. Ela explica que durante o espetáculo, o público poderá perceber os potenciais de artistas da dança de gerações, formações e experiências variadas.

 

 “È um olhar democrático de criação que evoca a autenticidade e a espontaneidade do movimento”. Para concluir, destaca que o acolhimento se reflete em pertencimento, beleza e abraços “num Gilberto Gil que é vida e festejo, num palco onde todos e todas se divertem”, reflete.

 

O espetáculo “Viramundo” estreou ano passado em Salvador, com ingressos esgotados. É resultado da parceria entre o Teatro Castro Alves (TCA) e Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) com a Fundação Nacional de Artes (FUNARTE).  


Já passou por Feira de Santana, Alagoinhas e Camaçari. Nesta quinta-feira, dia 3, estará em Porto Seguro, em Itabuna, no domingo, dia 6, e no dia 26, em Juazeiro.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito