i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

car

car

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Suicídio- Itabuna reúne profissionais da saúde para ciclo de palestras com foco na prevenção


Dando continuidade às ações da Campanha “Setembro Amarelo”, realizada em todo o país com foco na prevenção ao suicídio, a Prefeitura de Itabuna realizou nesta terça-feira, 19, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, um ciclo de palestras sobre a temática “Suicídio”. O evento organizado pela Coordenação de Saúde Mental da Secretaria de Saúde reuniu médicos que atuam na Atenção Primária do Município.

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)



 A programação contou com palestras sobre “Transtornos comportamentais disruptivos na infância e juventude”, ministrada pela psiquiatra Thatiana Paz da Silva, que atende no Centro de Atenção Psicossocial (CAPSia),   “Transtornos de  ansiedade e  transtornos relacionados ao estresse na  infância  e juventude”, ministrada pelo psiquiatra Luiz César Melo Costa, também do CAPS infantil. 

         A coordenadora do Departamento de Saúde Mental, Naira Cruz, informa que esse ano a ação é voltada especificamente para os profissionais da Atenção Primária e da Atenção Especializada, com o objetivo de oferecer uma melhor assistência às pessoas com transtorno mental. “A roda de conversa é oportuna para atender as dificuldades que os médicos enfrentam no manejo dessas pessoas. Também queremos esclarecer como é o trabalho do Serviço Especializado”, explicou Naira Cruz.

          Durante a palestra, o médico Luiz César Melo Costa chamou a atenção para os sintomas da ansiedade, e também da depressão, doença que pode culminar no suicídio. “A Infância é um período de muita riqueza de experiências, por isso é importante que sejam observadas quaisquer atitudes da criança e do adolescente, já que o sofrimento emocional não é externado”, alerta.

         Ele ressaltou que a depressão está ligada à culpa e a um sentimento de impotência. “O suicídio é uma escolha precipitada e muitas vezes quem quer se matar só quer acabar com o sofrimento. Também é preciso deixar claro que cada pessoa que tira a própria vida, afeta oito pessoas próximas que tinham ela como referência”, informa o especialista.

Em continuidade a Campanha do Setembro Amarelo, novas palestras serão realizadas nos próximos dias 22 e 26, também no auditório da Secretaria de Saúde de Itabuna.  Durante o mês ainda acontecerão ações pontuais no Centro de Referência de Atendimento à Mulher, no Centro de Referência da Doença Falciforme e em algumas Unidades Básicas de Saúde.

 

Legenda: Profissionais da área da saúde foram o público-alvo do ciclo de palestras

Legenda: A médica psiquiatra Tatiana Paz da Silva fez uma explanação sobre os transtornos que afetam crianças e adolescentes

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito