i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna vai intensificar ações para alcançar metas de cobertura vacinal

 

A Prefeitura de Itabuna vai executar ações mais ostensivas nos espaços de abrangência que integram os quatro módulos da Rede de Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde por meio de busca ativa de todas as crianças com o registro vacinal incompleto. O projeto integra o Movimento Nacional pela Vacinação. Através da Rede de Frio da Vigilância em Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde desenvolve as ações até sábado, dia 7, no Dia “D” da Campanha Nacional de Multivacinação. Na Unidade de Saúde José Maria de Magalhães Neto (antigo SESP)(, área central da cidade, haverá vacinação das 8 às 13 horas para toda a população.

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)

 

Já no domingo, dia 8, a vacinação será desenvolvida em um estande que será montado pela Secretaria Municipal de Saúde na Arena Zé Cachoeira, ao lado do Centro Administrativo Municipal, no Banco Raso, durante a realização do Circuito Kids, uma programação dedicada à comemoração do Dia da Criança promovida pela Prefeitura e Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), a partir das 13 horas.

 

Segundo a coordenadora da Rede de Frio, enfermeira Camila Brito, com as ações durante a semana, serão identificadas as crianças e adolescentes com registro vacinal incompleto, ou seja, que têm o Cartão de Vacina faltando o registro de alguma dose de imunizante da cobertura vacinal.

 

“É justamente este público formado por menores de 15 anos que a gente vai buscar vacinar”, enfatiza Camila. Ele diz ainda que a Campanha Nacional de Multivacinação, que vai até o próximo dia 21, está sendo seletiva.

 

As estratégias serão intensificadas também a partir da próxima segunda-feira, dia 9, quando a vacinação no município estará disponível nas Unidades Básicas e Unidades de Saúde da Família. “Portanto, é fundamental que os pais e tutores levem seus filhos menores de 15 anos à unidade de saúde mais próxima de casa portando o documento de identificação e o Cartão de Vacina,” orientou.

 

“É importante destacar que a gente precisa do cartão para avaliar o histórico e identificar quais vacinas as crianças e adolescentes estão em atraso e precisam ser aplicadas”, acrescentou a enfermeira.

 

Ela afirmou também que o propósito da Campanha de Multivacinação é aumentar os indicadores vacinais, visto que em virtude de quatro anos de desconstrução da Política Nacional de Imunização (PNI) houve um declínio muito grande nas metas de coberturas vacinais em todo o País.

 

“A nossa intenção é justamente tentar diminuir essa hesitação vacinal, minimizar as fake news quanto à vacina e as desinformações para que se consiga atingir o maior número de pessoas, crianças e adolescentes vacinadas e com o registro vacinal atualizado”, concluiu Camila.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito