i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna- Prefeitura amplia a oferta de serviços e garante melhor assistência a população de rua

 A Prefeitura de Itabuna, por meio das secretarias municipais de Saúde e Promoção Social e do Conselho Municipal de Saúde se uniram para levar melhor assistência às pessoas que vivem nas ruas da cidade, bem como promover uma ação integrada e com mais especialidades nas unidades de saúde do município. A proposta acontece através dos projetos Consultório de Rua e Equipe Multidisciplinar (e-Multi) que há cerca de cinco anos estavam desativados, segundo a coordenadora da Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde, Dayse Santos.

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)



 


Ela explicou que o Consultório de Rua assiste a pessoas em situação de rua com serviços essenciais de saúde, a exemplo de consultas e exames, além da promoção da assistência social. O consultório funciona no antigo prédio do CEPRON, na Rua Valdemar Muniz, no Alto Mirante. Já a Equipe Multidisciplinar (e-Multi) presta assistência às unidades de saúde do Módulo I e funciona na Unidade Básica de Saúde Alberto Teixeira Barreto, no Califórnia. Inicialmente o trabalho das equipes consiste em visitas aos postos de saúde  daquela região.




 

Dayse informou que o objetivo da e-Multi é prestar uma assistência mais integrada e trazer especialidades para as unidades de saúde de forma mais rápida. A equipe é formada por uma médica pediatra, duas psicólogas, uma nutricionista, uma fisioterapeuta, uma enfermeira sanitarista, um educador físico e arte-educador.

 

A coordenadora da Atenção Primária destaca ainda a importância desses dois serviços prestados pela Secretaria Municipal de Saúde para a rede de assistência no município.

 

Ela frisou que os profissionais do Consultório na Rua desempenham importante papel na promoção da saúde e reinserção da população em situação de rua aos atendimentos das unidades de saúde, garantia dos direitos humanos, enfrentamento do estigma, ações de redução de danos e a intersetorialidade.

 

“Os dois serviços são essenciais para a garantia de um atendimento integral na rede de Atenção Primária à Saúde e numa melhor qualidade de vida da nossa população”, destacou Dayse.

 

Para concluir, ela disse que a expectativa é que duas novas equipes sejam integradas aos projetos, para atuarem nos quatro módulos em que a saúde pública foi dividida, abrangendo as várias regiões da cidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito