i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Prefeitura realiza Mutirão de Combate à Dengue no Urbis IV em Itabuna


Seguindo um cronograma de ações preventivas nos bairros para o combate ao mosquito Aedes aegypti - transmissor das arboviroses dengue, zika vírus e chikungunya -, a Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizará nesta quarta-feira, dia 22, das 8 às 13 horas, mais um Mutirão de Combate à Dengue. Desta vez, o bairro que será visitado nesta semana pela equipe de Combate às Endemias será o Urbis IV, na zona oeste da cidade. Segundo a coordenadora do Departamento de Combate às Endemias, Lucimar Ribeiro, 

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)





o mutirão inclui atividades de limpeza de áreas públicas e o tradicional “bota fora”, que consiste no recolhimento de materiais inservíveis, lixo e entulho que se acumulam nos quintais das residências e em terrenos baldios. “Para esse trabalho é fundamental contar com a colaboração dos moradores para que coloquem na porta de casa todo tipo de material que possa contribuir para a proliferação do mosquito”, ressaltou Lucimar. Além disso, o trabalho dos Agentes de Combate às Endemias (ACE) também contará com eliminação de pontos de água parada que servem como criadouros do mosquito, tratamento e ações educativas que vão orientar os moradores sobre como manter os ambientes seguros e livres do Aedes aegypti.

 


É importante lembrar que o Mutirão conta com o apoio do Departamento de Limpeza Pública da Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo (SIURB) e da Biosanear que faz conjuntamente o recolhimento de lixo e entulhos no bota-fora. A coordenadora de Combate às Endemias reforçou que o trabalho tem sido constante com atividades diárias e a realização dos mutirões.

 

“Mesmo Itabuna estando em uma situação estável, com o índice de 1.3% de infestação, não podemos parar, principalmente porque o clima com chuva e sol nesta época do ano, com a passagem do outono para o inverno torna- se favorável à procriação do Aedes aegypti e não podemos permitir que isso aconteça”, encerrou Lucimar Ribeiro

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito