i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Reunião do G20 no país, Bahia recebe delegações das maiores economias globais a partir desta 2ª 27/05

 Três dias destinados a discutir pautas prioritárias como o combate à fome, à pobreza e a desigualdade. Este é o intuito da reunião do Grupo de Trabalho (GT) de Desenvolvimento do G20, que teve abertura nesta segunda-feira (27), em Salvador. A Bahia será a sede do encontro no país, até quarta-feira (29), com a presença de 45 delegações, representantes das maiores economias globais. Para o embaixador Maurício Lyrio, coordenador do GT do G20, o papel da Bahia diante dos temas tratados é crucial para o evento. “O presidente Lula disse que nós temos que trazer o tema da redução das desigualdades para o centro da agenda do G20, e é preciso ter justamente a diversidade como um elemento para reduzir as desigualdades, 

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)





e a Bahia representa muito isso. É um lugar histórico e culturalmente riquíssimo. Portanto, é mais uma oportunidade do mundo poder ver um estado que, por meio também da sua diversidade, reduz a desigualdade e promove o desenvolvimento”. As discussões têm como propósito a criação de políticas públicas para a redução destas problemáticas sociais e assistenciais no mundo. No âmbito do combate à fome, a Bahia já vem desenvolvendo iniciativas de destaque, como o programa Bahia Sem Fome (BSF).

 

“Aqui, hoje, é um momento de reflexão, de análise, com o objetivo de erradicar a fome do mundo e do país. Com essas ações transversais, já tiramos um milhão de pessoas do mapa da fome na Bahia. Precisamos pensar nas ações da universalização da água, programas de governo que também já fazemos aqui no estado”, afirmou o vice-governador, Geraldo Júnior.
 

Na capital baiana, o GT irá apresentar estudos durante o encontro. Tratam-se de políticas de inclusão para mulheres e grupos marginalizados, combate à pobreza infantil e redução das desigualdades raciais no mundo do trabalho. Entre as ações de combate ao racismo do Governo da Bahia, a loja colaborativa Afrocolab, promovida pela Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi), está com um estande montado no evento, com uma gama de produtos de empreendedores negros. Outros estandes integram um espaço reservado a mostrar iniciativas de secretarias estaduais.
 
"Sediar um evento deste porte envolve toda a cadeia do turismo, gerando emprego e renda para os baianos. Temos uma grande oportunidade de apresentar nossa cultura, patrimônio e riquezas naturais, além do trabalho que o Governo da Bahia vem realizando para o desenvolvimento social e econômico do estado”, declarou o titular da Setur-BA, Maurício Bacelar.
 
O estado baiano ainda sediará outros encontros do G20, com os temas de saúde (2 a 6 de junho) e cultura (4 a 6 de novembro).

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito