CAMP. CÂMARA - 2017

CAMP. CÂMARA - 2017

DIVINO FOGÃO DE ITABUNA

Adsense




Itabuna- Fernando Gomes quer UPA 24 Horas funcionando o mais rápido possível.


 Mesmo estando com quase 100% de suas obras físicas concluídas há quase dois anos, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas) de Itabuna está totalmente destruída, após ter sido relegada ao abandono pela gestão municipal anterior. Tal constatação foi feita in loco pelo prefeito Fernando Gomes ao visitar na manhã desta terça-feira (17) a unidade localizada no bairro Monte Cristo, zona norte da cidade, acompanhado de secretários Vitor Lavinsky (Saúde) e Francisco França (Desenvolvimento Urbano), além de agentes da Polícia Civil.



"Infelizmente ver uma obra nova construída com dinheiro público e totalmente destruída é algo inadmissível. Ao assumirmos a gestão municipal no último dia 1º de janeiro imaginávamos que já estivesse pronta, faltando somente mobiliário e equipamentos para colocar em funcionamento. Mas, o que estávamos vendo aqui deixa a impressão de terra arrasada pós-guerra”, lamentou Fernando.


O prefeito adiantou que irá solicitar relatório técnico e financeiro junto à Secretaria Municipal de Saúde para ter exatidão do que foi feito e se corresponde ao que prevê os repasses feitos pelo Governo Federal, conforme o cronograma previsto no convênio com o Ministério da Saúde (MS). Ele disse ainda que registrará queixa por danos ao patrimônio publico junto à Polícia Civil para que sejam responsabilizados os culpados.

Porém, acrescentou Fernando, serão tomadas todas as providências necessárias para que a obra seja concluída em curto espaço de tempo, diante da sua importância para a saúde pública do município. A UPA 24 Horas do Monte Cristo foi orçada em R$ 1.383.771,85, com recursos do MS e contrapartida da Prefeitura de Itabuna.
Com capacidade para até 150 atendimentos diários, a unidade está sendo implantada em área de 1.600 metros quadrados, ao lado da Base Comunitária de Segurança da Polícia Militar da Bahia. Além do Monte Cristo, a UPA-24 horas atenderá moradores de bairros como São Roque, Fátima, Santa Inês, Nova Califórnia, Antique, João Soares, Vila das Dores e Califórnia.


1 comentários:

celia maria soares disse...

Não entendo como um Gestor Publico consegue dormir com uma situação igual, a exemplo da UPA. Se não poderia dar continuidade , para que começou? Nós trabalhadores que näo possuimos Planos de Saúde, ainda abusam do erário público municipal, para fazerem de contas que investiram em........nada. Sofremos nas filas das Unidades de Saúde como tambem na espera longa do Hospital de Base. Nós que moramos nesta cidade de Itabuna, pagamos nossos impostos, trabalhamos honestamente, somos relegados à quinta categoria na área de saúde. Näo temos direito a dentista que é primordial para nossa saúde, e por aí afora. Tenho esperança que neste governo, alguns planos sejam realizados em prol dos munícipes.

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito