i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Audiência pública para import. e export do cacau em Itabuna


A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Lavoura Cacaueira, da Ceplac e do Cacau Cabruca tendo a frente o deputado federal Davidson Magalhães realizou audiência pública na Câmara de Vereadores de Itabuna, no último dia 31, segunda-feira, às 8 horas, onde debateu um tema que mobilizou toda a região: “Política de importação e exportação de cacau e seus derivados”. Em debate, como o governo vai ampliar o controle sobre o cacau importado para dar mais oportunidades de desenvolvimento ao produtor nacional e regional. E também como incrementará a produção nacional do chocolate.

VEJA OS VÍDEOS DESSA AUDIÊNCIA

1º VÍDEO


Juvenal Maynart




2º VÍDEO

Senadora Lídice Da Mata


3º VÍDEO

Audiência do cacau
Considerações finais.


“Esta nova política vai ajudar a transformar a realidade do mercado do cacau e a indústria de chocolate na região sul da Bahia”, observou o deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB-Ba). 



A principal mudança, informa Davidson Magalhães, está em rever a forma como vem sendo praticado o drawback, para possibilitar harmonizar o mercado interno com as necessidades da indústria nacional. 
E formular novos caminhos e oportunidades para o desenvolvimento do mercado do cacau e derivados.




Participou da audiência a senadora Lidice da Mata,  o deputado Eduardo Sales, cacauicultores da região e muita gente envolvidas direta e indiretamente na produção do cacau. 

O deputado federal afirma que “é a primeira oportunidade de reunir todos os universos interessados, depois do governo nos garantir as mudanças na política de importação e exportação do produto”. Participou do encontro na Câmara de Vereadores de Itabuna representantes dos ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura e o superintedente da Ceplac, Juvenal Maynart.



AQUISIÇÃO DE MÁQUINAS

Davidson Magalhães afirma que depois de diversos problemas ao longo dos anos, como a praga da vassoura-de-bruxa, atualmente, a indústria do cacau “já demonstra recuperação” e precisa agora também de estímulos para a produção de chocolate. Por isso, o governo vai facilitar a aquisição de máquinas de fabricação de chocolate para pequenos e médios produtores e agricultores familiares, informa o deputado.





Ele prossegue: “Isto possibilitará a geração de emprego e renda e uma nova competitividade no mercado nacional dos produtos fabricados no sul da Bahia, beneficiando diretamente a agricultura e produção familiares”.
Estas mudanças já foram asseguradas em audiências do deputado, acompanhado pelo diretor da Ceplac, Helinton José da Rocha, com a ministra da Agricultura, Kátia Abreu e com o ministro Armando Monteiro Neto, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que anunciou a criação de um Grupo de Trabalho para propor estas soluções de curto prazo.


O deputado sinaliza que a cacauicultura no sul da Bahia vem se reinventando, depois de abalada pela praga nos anos 80 e 90, com o renascimento do plantio e a comercialização do cacau: “Estamos agora abrindo novas frentes de desenvolvimento, possibilitando a transformação da região sul num novo polo produtor de chocolate, além de reafirmar sua liderança nacional na cacauicultura”.


VEJA TODAS AS FOTOS DESSE EVENTO




















































0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito