i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




A SMS de Itabuna promove ação preventiva contra Leptospirose

Em meio aos mutirões para o combate ao mosquito da dengue em Itabuna, a Coordenação do Programa de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde também executa, diariamente, atividade  de combate aos roedores para a prevenção à Leptospirose. O objetivo é aproveitar o verão para diminuir a população de ratos na cidade, depois de um longo período chuvoso. Segundo a coordenadora da Divisão de Endemias, Lucimar Santos Ribeiro, até agora já foram atendidos os bairros Conceição (Rua João Teles e transversais),  Santa Clara, Jaçanã e ruas da Bananeira e de Palha (Maria Matos). Nestas localidades foram identificados sinais de roedores em maior quantidade, como tocas e fezes. A estratégia usada pelos agentes é a colocação de iscas (raticidas) nesses locais. (Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)




Apenas na área da Bananeira foram 1.232 iscas enquanto no Bairro Jaçanã 690. Já na Rua de Palha foram usadas 578 iscas e 290 no Bairro Santa Clara. O bairro com menor incidência de roedores foi Conceição, onde os agentes utilizaram menos de 100 iscas. Apesar da presença de roedores nessas localidades, não há registro de casos de leptospirose em Itabuna, informa a coordenadora.  

Lucimar explicou que a leptospirose é uma doença infecciosa, transmitida principalmente pela urina de ratos infectados por um tipo de bactéria conhecida como Leptospira. “A transmissão ocorre a partir de contato na pele com algum tipo de lesão e as consequências são danosas à saúde humana”, alertou.

Ela informa que uma pessoa com leptospirose pode apresentar sintomas leves na fase inicial como: febre alta de início súbito, sensação de mal-estar, dores de cabeça e muscular, cansaço e calafrios. Já na fase mais grave, podem ocorrer hemorragias, complicações renais e até coma.

A recomendação para evitar a presença dos roedores nos domicílios é sempre descartar o lixo na porta de casa, pouco antes da coleta diária, fechar buracos e vãos nas paredes e rodapés, principalmente nos quintais. Além disso, manter ralos e vasos sanitários limpos e bem fechados. Em casos de alguns dos sintomas, é importante que a pessoa procure a unidade de Saúde mais próxima, conforme orienta Lucimar Ribeiro.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito