i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna- Peixe na Semana Santa. Entrega dos Vouchers para Distribuição dos Kits


A Prefeitura de Itabuna vai entregar nesta quinta e sexta-feira, dias 30 e 31, vouchers para a distribuição do tradicional Kit da Semana Santa às famílias em vulnerabilidade social ou de baixa renda, cadastradas previamente pela Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPS). A entrega dos kits na próxima semana será entre as 8 e 14 horas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e bairros de abrangência e na quadra do Colégio CISO. De acordo com a secretária interina da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, Suze Mayre Azevedo, 

(Veja Todos os Detalhes, Click no Ícone Abaixo)





terá direito a receber o Kit da Semana Santa as famílias beneficiárias inscritas no  CadÚnico, com a folha de resumo atualizada desde de 2021 e um documento com foto. Também as famílias cadastradas pelos CRAS, cuja renda per capita seja de até R$ 105 reais e pelo menos duas pessoas na composição familiar.  




Suzy adianta que o voucher que garante o Kit dará direito a cerca de dois quilos de peixe, arroz, leite de coco, dendê e ainda uma caixa de chocolates. Segundo a secretaria interina, o município tem uma grande população carente em situação vulnerável, o que tem motivado o prefeito Augusto Castro a manter importantes programas de combate à fome, a exemplo do Comida na Mesa,  executado desde o início da gestão.

Para ela, a ação demonstra preocupação social nesse período de Quaresma em que os cristãos refletem a respeito do sacrifício de Jesus Cristo pela salvação da humanidade. “Também um olhar sensível e gesto humano, visando minimizar o sofrimento e a fome de famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social ou de pobreza”, afirmou.

A secretária lamentou o fato de que nem todas as famílias cadastradas no CadÚnico receberão o Kit Semana Santa. Segundo ela, são famílias que têm alguma renda e vivem em melhor condição do que aquelas em situação de extrema pobreza.  

“A Prefeitura sozinha não tem condições de assumir compromisso com todas as famílias carentes do município. Mas, não poderia deixar de ajudar aquelas que dependem, exclusivamente, de programas assistenciais executados pelo Poder Público”, concluiu a secretária interina da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito