i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Hospital de Base recebe visita dos coordenadores do Projeto LEAN nas Emergências do Sírio-Libanês de SP.

O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, instituição administrada pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), recebeu nesta semana, os coordenadores do Projeto LEAN nas Emergências do Hospital Sírio Libanês de São Paulo. Eles foram recebidos pelo presidente da FASI, Roberto Pacheco Junior, e dirigentes médicos. O médico Rasivel dos Reis Santos Júnior e o consultor Nícolas Marcelino realizaram uma visita técnica para avaliar o pedido da unidade hospitalar itabunense para participar do Projeto Transformação LEAN, considerada a segunda fase do LEAN nas Emergências.

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)




 


Na primeira fase do projeto, o Hospital de Base foi acompanhado por uma equipe do Hospital Beneficência Portuguesa, também de São Paulo, que introduziu a metodologia LEAN com o objetivo de reduzir a superlotação do Pronto-Socorro.

 

Já o Projeto Transformação LEAN é realizado exclusivamente pelo Sírio-Libanês e na segunda fase o foco será trabalhar mais nas unidades de destino dos pacientes que passam pelo Pronto Socorro: o Centro Cirúrgico, as Unidades de Internação Clínica e Cirúrgica, e as Unidades de Terapia Intensiva.

 

“A gente vem trazer o que chamamos de ‘sistema puxado’, que é orientar as unidades de internação a trabalhar com a previsão, programação e assertividade das altas hospitalares”, pontuou Rasivel Júnior.

 

A finalidade é fazer com que a saída desses pacientes, puxe aqueles pacientes que estão aguardando internação dentro do Pronto-Socorro. “Dessa forma a gente dá sustentação para as mudanças que se iniciaram na primeira fase”, destacou.

 

Na oportunidade, os coordenadores disseram que o Hospital de Base vem mantendo as ferramentas trazidas pelo Projeto LEAN nas Emergências. “É uma equipe muito engajada, envolvida, preocupada com o bem-estar dos pacientes e com a organização dos serviços”, elogiou Nícolas Marcelino, o outro coordenador.

 

Pelas conversas, abordagens realizadas e pelo envolvimento das pessoas, o médico diz não ter dúvidas de que o Hospital de Base se beneficiará com o Projeto Transformação LEAN. “Vamos levar as informações para o Ministério da Saúde que o hospital possui todas as condições para participar da fase II e merece”, concluiu ele.

 

O projeto LEAN nas Emergências visa diminuir a superlotação na unidade de urgência e emergência e faz parte de projeto Ministério da Saúde, através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), em parceria com três hospitais de excelência, que replicam esse conhecimento: Sírio-Libanês e Beneficência Portuguesa, em São Paulo, e Moinho de Vento, no Rio Grande do Sul.

 

 Além do diretor-presidente da FASI, Roberto Pacheco Jr, estão entusiasmados com a possibilidade de o Hospital de Base ingressar na segunda fase do Projeto LEAN o supervisor administrativo-financeiro, Vladson Cruz, o diretor técnico-médico, Paulo Medauar, e o supervisor médico da unidade hospitalar, Fernando Alves Jr., que prestigiaram o encontro.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito