i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itacaré promove passeata de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Em alusão ao 18 de maio, data em que é celebrado o Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes, a Prefeitura de Itacaré, por meio das Secretarias Municipais de Desenvolvimento Social e Mulher, e Educação, realizou uma passeata, na manhã desta quinta-feira, com apoio do Conselho Tutelar, equipe da Saúde Municipal, Polícia Militar e Civil, CRAS, CREAS e Crianças e Adolescentes dos Colégios Centro Educacional de Itacaré, Manoel Castro, Maria Benjamina e João Gomes de Sá.

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)



As ações, que acontecem durante todo o mês de maio, com diversas atividades conjuntas voltadas para o tema, tem o objetivo de mostrar à sociedade que a mobilização é um compromisso coletivo, não apenas na conscientização, mas sobretudo da denúncia e no combate a esse tipo de atrocidade que acaba atingindo as crianças e adolescentes de todo o Brasil.



Durante a culminância, a passeata percorreu as principais Ruas e Avenidas da cidade, e teve seu encerramento na Praça São Miguel. Durante todo o trajeto, profissionais das pastas percorreram a cidade portando balões, a flor símbolo da campanha, cartazes e vestidos de laranja, cores do 18 de maio, mobilizando a população sobre a temática.



Lembrando que o município conta com uma rede de proteção à criança e ao adolescente e as pessoas podem denunciar os abusos e a exploração sexual através do Disque 100, Conselho Tutelar Municipal (73 998369957) e Polícia Militar 190. A ligação é gratuita e a denúncia pode ser feita de forma anônima.

A pessoa também pode ir até o Conselho Tutelar ou em uma Delegacia de Polícia e denunciar o crime.

Sobre a data

O dia 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes a partir da Lei nº 9.970/2000. A data é em memória ao caso de Araceli Crespo. A menina de apenas oito anos, que neste mesmo dia em 1973, foi sequestrada, violentada e assassinada em Vitória, Espírito Santo.

Desde então, atores do Sistema de Garantia de Direitos organizam-se para realizar ações de mobilização contra a violência sexual de crianças e adolescentes em todo o país. O principal objetivo é convocar e alertar a sociedade brasileira sobre a prevenção de todas as formas de violência e a proteção social de crianças e de adolescentes.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito