i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

car

car

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Grupamento Ambiental da Guarda Civil Municipal de Itabuna participa de curso de nivelamento


A Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal Segurança e Ordem Pública (SESOP), vai realizar no período de 12 de julho a 30 de agosto o 1º Curso de Nivelamento do Grupamento Ostensivo de Proteção Ambiental (GOPA). O objetivo é promover a atualização de conhecimentos no aspecto jurídico ambiental para a atividade policial, no que diz respeito às atribuições e competências da unidade da Guarda Civil Municipal (GCM).

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)



 O início do curso está programado para terça-feira, dia 12, às 9 horas, no auditório do Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (IMEAM). A capacitação é modulada em 18 encontros, sendo dois por semana, e terá carga horária de 80 horas com atividades teóricas e práticas na modalidade de palestras.

 Vão atuar como facilitadores, representantes de instituições parceiras com atuação na área do meio ambiente, a exemplo do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (INEMA), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA).

 Segundo o comandante da Guarda Civil Municipal, Inspetor GCM Inácio Pereira, durante o nivelamento serão abordados temáticas como políticas públicas e a estrutura funcional dos órgãos parceiros – INEMA, Vigilância Sanitária Municipal, Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e Coordenadoria da Defesa Civil Municipal.

 Também serão tratados aspectos das leis ambientais do estado e do município, bem como o Código de Posturas do Município de Itabuna.

 Inspetor Inácio diz ainda que os 18 integrantes do GOPA/GCM que participarão do nivelamento terão acesso a conhecimentos sobre educação ambiental, noções de atendimento pré-hospitalar e de técnicas de captura e manuseio de animais silvestres e domésticos, além de práticas de condicionamento físico.

 “A partir deste nivelamento, a nossa expectativa é de que os prepostos do Grupamento Ostensivo de Proteção Ambiental continuem atuando de forma respeitosa e com amplo respaldo jurídico, desenvolvendo seu trabalho de maneira mais eficaz para melhor atender à sociedade itabunense”, finalizou o comandante da GCM.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito