i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

car

car

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




+ de 220 bombeiros com apoio de 50 viaturas e brigadistas combate a incêndios florestais no interior da Bahia


Duzentos e vinte e dois bombeiros militares e 50 viaturas, com o apoio da brigada do ICMbio e de outros brigadistas voluntários estão atuando no combate aos incêndios florestais que atingem o interior da Bahia, nas regiões Oeste, Norte e Chapada Diamantina. As cidades de atuação nesta terça-feira (17) são Angical, Formosa do Rio Preto, Barreiras, Buritirama, Santa Rita de Cássia, São Desidério, Barra, Vanderley, Riachão das Neves, Campo Formoso, Senhor do Bonfim, Campo Alegre de Lourdes, Rio do Pires, Palmeiras e Érico Dourado.    

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)



“A depender da necessidade, estamos alocando mais recursos, como no caso dos aviões. Nossos militares também atuam por um determinado período e depois vêm outros bombeiros para substituir, pois esse é um trabalho que acarreta bastante desgaste físico. A maioria dos incêndios florestais acontece em áreas muito íngremes, onde os militares precisam caminhar horas a pé carregando os materiais, como pás, foices e enxadas, além das mochilas costais”, explicou o comandante-geral do CBMBA, coronel BM Adson Marchesini.


  
Drones e nove aeronaves modelo Air Tractor, fornecidos através do Programa Bahia Sem Fogo, da Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema), também dão apoio à Operação Florestal 2023. De julho até o último domingo (15), o Corpo de Bombeiros Militar já atuou em 218 incêndios florestais. Em média, a instituição emprega, além das guarnições do serviço ordinário das unidades operacionais, cerca de 200 bombeiros militares, por dia, para fazer frente às ações de resposta ao desastre incêndio florestal. Foram dadas respostas aos incêndios florestais em 50 municípios diferentes, sendo que em alguns deles, a exemplo de Barreiras e Barra, houve mais de um evento distinto.

Orientações

Os incêndios florestais podem causar diversos impactos ambientais, sociais e econômicos. Algumas atitudes podem evitar as queimadas, como por exemplo, não atear fogo em pastos ou plantações, pois o fogo pode sair do controle rapidamente. Outra dica é verificar se as fogueiras foram bem apagadas, assim como não jogar bitucas de cigarro em áreas de mata. Os aceiros também devem estar bem limpos, e é importante manter a vegetação rasteira aparada. Em caso de princípio de incêndio, o Corpo de Bombeiros deve ser acionado o quanto antes, através da Central 193.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito