i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

car

car

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Hospital de Base, Colaboradores fazem visita técnica ao Hospital Irmã Dulce


Colaboradores do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, instituição administrada pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), realizaram uma visita técnica ao Hospital Irmã Dulce, em Salvador. O engenheiro ambiental Guilherme Malta e o auxiliar de limpeza Adenilson Nascimento foram conhecer como funciona o gerenciamento de resíduos em serviços de saúde da unidade hospitalar que é referência. “A Vigilância Sanitária elogiou a evolução do Hospital de Base em relação ao gerenciamento de resíduos e nos sugeriu fazer essa visita com o incentivo da direção-executiva. Estamos em busca de melhorias contínuas”, disse o engenheiro.

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)




Durante a visita ao hospital da capital, os colaboradores observaram questões ligadas à segurança do trabalho, receberam dicas sobre a responsabilização dos setores em relação ao gerenciamento de resíduos e tiveram uma noção de organização daquela unidade  hospitalar.




“O Hospital Irmã Dulce possui um sistema bem desenvolvido quanto ao cumprimento de normas e leis, além de uma estrutura gigantesca. Vamos começar a desenvolver alguns mecanismos com base no que aprendemos lá”, frisou o engenheiro.

Já seo Adenilson Nascimento ficou maravilhado com a visita. “É algo totalmente diferente, mas que dá pra gente aplicar aqui em benefício do hospital” acrescentou.





O diretor-presidente da FASI, Roberto Pacheco Jr, destacou que a estrutura de gerenciamento de resíduos vai além de lixeiras e carrinhos de coleta. Perpassa pelo serviço de destinação correta e isso tem impacto direto nos custos do hospital.


“A visita contribuiu na capacitação da equipe para receber a nova estrutura do hospital, que terá seus serviços ampliados e cujas obras estão sendo executadas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde da Bahia (SESAB). “Vamos crescer. Então, precisamos crescer organizados”, declarou.


A ideia é que a partir dos conhecimentos adquiridos na unidade hospitalar da capital, o Hospital de Base possa funcionar de forma mais sustentável, diminuindo custos, evitando acidentes de trabalho e preservando a saúde dos trabalhadores, tornando-se assim, em ambiente mais saudável para os pacientes e colaboradores.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito