i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Prefeitura de Itabuna recebe sugestões em audiência pública para formatação do PLDO 2025

 
A Prefeitura de Itabuna realizou audiência pública no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, na manhã desta quinta-feira, dia 11, para apresentar e discutir e colher sugestões para o Projeto Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO 2025). O evento aconteceu mais de 24 horas antes do prazo dado à população para o preenchimento de questionário online no site oficial. Estiveram presente ao evento, promovido pela Secretaria da Fazenda e Orçamento, o controlador-geral do Município, Nadilson Esteves, o supervisor de Planejamento e Patrimônio, João Pereira Xavier Neto, os contadores Edivânia Souza, Leonardo Ferreira e Clayton Dantas, responsável pela apresentação do PLDO-2025

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)



De acordo com o contador Clayton Dantas é com base nas sugestões da comunidade, dadas por meio de consulta pública virtual e também presencial no ato de hoje, que a Administração Municipal definirá as prioridades do próximo ano. Ele informou que mesmo após a apresentação desta quinta-feira, a consulta pública continuará aberta até o dia 15 de abril no site da Prefeitura (www.itabuna.ba.gov.br).


“Quanto mais pessoas participarem do procedimento virtual melhor será para Itabuna. Nesta consulta, será possível responder a um questionário que conta com oito perguntas objetivas sobre diferentes áreas de atuação. A prévia da consulta virtual contou com a participação de 422 pessoas, que deram sugestões sobre diferentes áreas e temas

O setor da Educação, por exemplo, que foi apontado como prioridade para receber mais investimentos foi a Educação Infantil. Na Saúde, a Atenção Básica”, contou Clayton Dantas. Ainda de acordo com ele, após a coleta de sugestões no formato virtual, o rito conta com o projeto da LDO 2025 sendo protocolado na Câmara de Vereadores, seguido de apreciação, votação e aprovação do Legislativo, sanção pelo prefeito Augusto Castro (PSD), publicação no Diário Oficial do Município e elaboração do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA).


Representantes de entidades, conselhos e associações participaram da audiência pública apresentando sugestões e também cobrando benefícios para os setores em que atuam, a exemplo de Davi Guimarães e Celeste Ainda Seara Souza, membros de uma Organização da Sociedade Civil (OSC), e Ivan Gusmão, da Oscip Não Me Abandone.


Eles destacaram a importância do direcionamento de recursos para as entidades que atuam na área social. “Precisamos de recursos para melhorar o que já fazemos bem, pois trabalhamos não só com amor, mas também com técnica”, argumentaram.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito