i

i

chp

chp

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Hospital de Base capacita recepcionistas P/ atendimento humanizado a pacientes LGBTQIAP+

 

O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, instituição administrada pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), realizou uma capacitação “Identificação do Paciente e Atendimento Humanizado a Pacientes LGBTQIAP+”. Promovido pelos Núcleos de Educação Permanente em Saúde (NEPS), de Segurança do Paciente (NSP) e da Qualidade Hospitalar (NQH), o curso foi direcionado aos colaboradores da recepção da unidade hospitalar.

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)



Teve por objetivo garantir a identificação dos dados dos pacientes de forma correta e confidencial, bem como capacitar a equipe de recepção hospitalar ao atendimento humanizado dos pacientes, incluindo pacientes Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais/Transgêneros/Travestis, Queer, Intersexual, Assexual, Pansexual (LGBTQIAP+).

Segundo a coordenadora do NEPS, Fabiana Souza, a partir da capacitação, a ideia é fazer com que todos os pacientes recebam um atendimento de qualidade, respeitoso e inclusivo.

“É importante sensibilizar os profissionais de saúde para as necessidades específicas de pacientes LGBTQIAP+ e fornecer para a equipe do atendimento ferramentas para lidar com situações de forma adequada e livre de preconceitos", destacou.

Segundo ela, isso inclui compreender e respeitar a diversidade de identidades de gênero e orientações sexuais, utilizar uma linguagem inclusiva, criar um ambiente acolhedor e seguro para todos, além de garantir a privacidade e confidencialidade dos dados dos pacientes.
Ao capacitar a equipe da recepção hospitalar sobre tais aspectos, é possível promover a equidade no acesso aos serviços de saúde e garantir que todos os pacientes se sintam confortáveis e bem cuidados durante sua estadia no hospital.

Vale ainda destacar que o Hospital de Base de Itabuna é uma instituição que preza pelo respeito à diversidade, tendo em seu quadro de funcionários, profissionais de identidades de gêneros variados.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito