i

i

chp

chp

Câm.

Câm.

itac. mul

itac. mul

Itac

Itac

Ag. Pmi

Ag. Pmi

RC

RC

Jaç.

Jaç.

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Consultório na Rua de Itabuna leva serviços de saúde e promoção social à população em situação de rua

 

A Prefeitura de Itabuna deu um importante passo para dar mais dignidade e melhores condições para quem já vive nas ruas e enfrenta condições difíceis no dia a dia. Por meio do Programa “Consultório na Rua”, as secretarias municipais de Saúde e de Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPS) estão oferecendo serviços básicos, mas essenciais para este público que luta para superar obstáculos como a invisibilidade e o preconceito para ter acesso a serviços e garantir direitos. O Programa Consultório na Rua foi instituído pelo Ministério da Saúde, desde 2011, mas há alguns anos estava inativo no município. Na gestão do prefeito Augusto Castro (PSD), a Prefeitura fez adesão e está com o programa em andamento, assistindo pessoas em situação de rua com serviços de saúde e promoção social.
(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)




A secretária interina da SEMPS, Luciana Seara, explicou que na área da Promoção Social e Combate à Pobreza estão sendo oferecidos serviços do Centro POP, POP Acolhimento e Abordagens para localização destas pessoas. O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) é referência para pessoas em situação de rua. “A partir da identificação dessas pessoas, conhecemos a realidade de cada uma e suas necessidades, para então direcioná-los ao serviço que esteja necessitando”, esclareceu Luciana Seara.





Já a psicóloga Vanessa Barbosa Santos, da Secretaria Municipal de Saúde, lembrou que o objetivo do Consultório na Rua é fornecer atendimento integral para a população em situação de rua e vinculá-la aos serviços de Saúde da Família (Atenção Primária), assim como aos setores de Atenção Secundária (média) ou Terciária (Alta Complexidade).


“O serviço funciona de forma itinerante, ou seja, cobrimos toda Itabuna levando serviços como aferição de pressão arterial (PA), exames de glicemia, curativos, vacinação, testes rápidos para ISTs, avaliação em saúde bucal, atendimento e orientação do serviço social e da psicologia”, afirmou.

“Também há trabalho em arte-educação, vinculação aos equipamentos de cultura e de assistência social, encaminhamentos internos para qualquer equipamento de saúde (Saúde Mental, Policlínica e Ambulatório)”, informa a psicóloga Vanessa Santos.


Os atendimentos ocorrem durante o dia e também à noite, sendo que no período noturno os acolhimentos são realizados no condomínio Centro Comercial, principal distribuidor de hortigranjeiros, e no Bairro São Caetano. “Os atendimentos diurnos ocorrem em qualquer bairro, com serviços de Educação em Saúde para a população e Educação Permanente para as equipes de saúde do município”, completou Vanessa.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito